fbpx Nutricionista Marcos Hirata
Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Confira as últimas notícias

Aeróbico x perda de massa muscular

[Aeróbico x perda de massa muscular]

Um receio muito comum entre os praticantes de exercícios é a relação de perda de massa muscular e exercícios aeróbicos.

No consultório frequentemente me deparo com perguntas como: posso fazer exercícios aeróbicos ou vou perder massa muscular?

Ao contrário do que muitos pensam, é possível sim, realizar o treinamento aeróbico de alto volume sem que haja comprometimento da massa muscular, mas para isso devemos tomar algumas precauções.

Primeiramente, para a manutenção de massa muscular, é fundamental que ocorra o estímulo da musculatura (por exemplo, através da musculação) e em segundo lugar uma alimentação balanceada.

Quando nos referimos à alimentação balanceada, devemos enfatizar a ingestão adequada de proteínas, em especial, durante e após o treino. Essa ingestão varia de acordo com a intensidade e duração do exercício. Por exemplo, para maratonistas, como a prova tem uma duração longa, podendo alcançar até quatro horas ou mais, incluímos as fontes de proteínas durante o exercício a cada 40 ou 60 minutos de prova. Alguns suplementos como bcaa’s e até mesmo alguns aminoácidos são extremamente eficientes nestes casos.

Para exercícios com duração menor, nem sempre será necessária a reposição durante o treino.

A relação entre exercício aeróbico e perda de massa muscular também varia conforme a maturidade muscular do indivíduo. Músculos mais “fortes” têm uma necessidade de proteína menor, pois seu desgaste é menor. Músculos mais “fracos”, como os de iniciantes da musculação, têm uma necessidade proteica maior.

Se um maratonista consegue correr 42 km sem perder musculatura, por que uma pessoa que corre dois km ou cinco km deve se preocupar tanto com isso?

Open chat