fbpx Nutricionista Marcos Hirata
Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Confira as últimas notícias

CONFIRA 3 DICAS PARA APRENDER A LIDAR COM A ALERGIA A CORANTE

[CONFIRA 3 DICAS PARA APRENDER A LIDAR COM A ALERGIA A CORANTE]

Para ficarem mais apetitosos e atrativos ao consumidor, os alimentos industrializados são coloridos artificialmente. Mas algumas pessoas têm alergia ao corante, problema que pode variar em intensidade de um individuo para outro. As reações alérgicas se manifestam logo após o consumo e podem causar sintomas desagradáveis e alguns muito graves.

Neste post, mostraremos os sintomas da alergia os corantes alimentares e como lidar com o problema. Acompanhe atentamente!

Quais são os sintomas de alergia a corante?

Estima-se que boa parte da população seja alérgica a corante e não sabia. Por isso, é importante conhecer os sintomas para saber se você faz parte desse grupo. Confira os sinais mais comuns de que você esta tendo uma reação alérgica:

manchas na pele (com ou sem coceira);

formigamento em diversas partes do corpo;

inchaço em diversas partes do corpo;

pressão arterial sanguínea baixa;

dificuldade para respirar;

dificuldade para engolir;

vermelhidão na pele;

coceira pelo corpo

dores de cabeça;

chiado no peito;

ânsia de vômito;

convulsões;

desmaios;

tonturas.

Convém salientar que, em uma crise alérgica, o indivíduo pode apresentar um ou mais sintomas ao mesmo tempo. Em casos extremos, esse tipo de alergia pode levar ao choque anafilático — quando a garganta “fecha” e a pessoa não consegue respirar.

Portanto, preste atenção se tiver dificuldade respiratória devido ao inchaço na garganta, pois o socorro deve ser imediato nessa situação. De qualquer maneira, diante de problemas com alergia a corante, o mais indicado é detectar qual alimento foi consumido e procurar um médico o mais rápido possível.

Como lidar com a alergia a corante?

Veja, a seguir, algumas dicas para lidar com esse problema no seu dia a dia.

1. Observe os rótulos dos alimentos

Atualmente, todos os alimentos industrializados devem conter em seu rótulo os compostos da fórmula. Então, antes de consumir qualquer alimento, leia a tabela nutricional para observar se ele contém corantes.

Em caso positivo, é possível verificar se você (ou alguém da sua família) tem alergia a algum corante presente no produto. É claro que você só conseguirá identificá-lo se já tiver apresentado um quadro alérgico.

Além disso, saiba que tudo o que é “embalado” pode conter corantes. Se der para substituir esses alimentos por opções naturais, você e sua família terão uma alimentação muito mais saudável.

2. Prefira os alimentos frescos

Dar preferência aos alimentos frescos, que não contêm corantes artificiais, também é uma forma simples de evitar alergias. Que tal começar a ingerir mais frutas, legumes e vegetais coloridos pela natureza?

Ricos em vitaminas, esses alimentos trazem muitos benefícios à saúde e, em geral, não causam alergia. Veja só: qualquer elemento da natureza pode provocar alergias, mas os produtos frescos são bem menos alérgenos que os industrializados, que contam com adição de corantes.

3. Faça substituições saudáveis

Se você tem alergia a corante, outra dica interessante é fazer substituições inteligentes. Comece evitando alimentos como:

  • coberturas e cremes com corantes artificiais;
  • pizzas e outros alimentos congelados;
  • balas, chicletes e doces em geral;
  • salsichas e outros embutidos;
  • sucos industrializados;
  • gelatinas coloridas;
  • cereais coloridos;
  • refrigerantes;
  • salgadinhos.

O mercado já oferece alternativas aos alimentos acima que estão livres de corante em sua fórmula ou que são coloridos com ingredientes naturais — como beterraba e espinafre, que dão tons rosados e verdes aos alimentos. Leia o rótulo e certifique-se!

Em restaurantes, você também pode fazer substituições. Basta perguntar quais são os ingredientes dos alimentos servidos. Assim, se já souber que algum deles causa alergia em você, pode optar por outro prato.

Como vimos, é possível lidar com a alergia a corante por meio de algumas práticas simples. Deixe de lado os produtos coloridos artificialmente e dê lugar àqueles mais saudáveis, de igual valor nutricional e de sabor, para ter uma alimentação balanceada.

Gostou de saber um pouco mais sobre alergia a corante? Então assine a newsletter do blog para receber novos posts assim que forem publicados!

Open chat