fbpx Nutricionista Marcos Hirata
Ir para o topo da página Ir para o conteúdo principal Ir para o fim da página

Confira as últimas notícias

Dieta cetogênica e ganhos de massa, é possível?

[Dieta cetogênica e ganhos de massa, é possível?]

Muito conhecida e sempre polêmica, a dieta cetogênica é aquela em que restringimos o carboidrato da alimentação, diminuindo assim os estoques de açúcares (glicogênio) no corpo e forçando-o a iniciar um processo de conversão de gordura em corpos cetônicos.

A grande dúvida, ou queixa, desse tipo de dieta é relacionada à perda de musculatura, mas será que o corpo sempre perde musculatura nessas situações? É possível desenvolver a musculatura em um estado de cetose?

O carboidrato tem um papel importante na recuperação muscular. Ele aumenta a velocidade de recuperação pós-treino, ameniza o efeito imunossupressor (queda da imunidade) de uma sessão de exercícios intensos, ajuda a restaurar os estoques de glicogênio e ainda estimula a produção de insulina (hormônio também com propriedades anabolizantes).

Porém, em uma escala de necessidade para a síntese proteica, os aminoácidos essenciais são os primeiros da lista, deixando o carboidrato como um coadjuvante no processo.

Ou seja, o corpo depende fundamentalmente dos aminoácidos essenciais para o processo de síntese proteica e construção muscular.

Além disso, o organismo possui uma capacidade grande de adaptação a diversas situações, inclusive às dietas cetogênicas. Esta adaptação facilita a manutenção de qualquer processo ou estímulo fisiológico. Concluindo, hipertrofia pode acontecer sim em cetose, desde que a ingestão calórica se sobreponha ao gasto energético, no caso utilizando as proteínas em conjunto com fontes de gordura.

Como sempre digo, toda dieta serve para alguém, o importante é que você conviva bem e em equilíbrio com o que alimenta o seu corpo!

Open chat